quinta-feira, 30 de abril de 2009

Razão de ausência...

Nem sei bem por onde começar...porque efectivamente não há UMA razão para ter "abandonado" o blog! Há todo um conjunto de pequeninas razões que conspiram para essa atitue! Daí não poder culpá-las indicidualmente: o inícío da especialidade, as atribulações do dia-a-dia, a minha longa jornada diária para o local de trabalho (que se localiza a 80km e que eu faço diariamente - ida e volta!); organização de casamento; casa nova; as "pediatrices" que apanho simplesmente por todos os dias lidar com aqueles pestinhas!
Enfim...acho sobretudo que me falta(ou) paciência! E daí o meu pedido de desculpas aos poucos (mas bons) que ainda nos visitam!
Continuarei a fazer-vos visitas!

Quando estiver um pouco melhor volto para este meu pequenino local de refúgio. Até lá, um beijinho grande a todos!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Prenda de fim de ano

Pois é mais um ano se findou...e venha daí 2009!
Nunca tive tanta expectativa em relação a um ano como com este: início de vida profissional, de vida conjugal, nova casa, novos hábitos... mal posso esperar!!
Por enquanto entrei no novo ano com uma prenda dos meus meninos...

Varicela!
Nada como começar o ano toda sarapintada e cheia de comichão!
Ossos do Ofício!
Que 2009 seja um ano repleto de coisas boas e sucessos pessoais para todos nós!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Já escolhi a especialidade!


Que a paciência e a sanidade dos meus ouvidinhos me acompanhe...mas que acima de tudo consiga muitos sorrisos destes!



quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Ficar internado

É quase impossível ir a um hospital e observar todo aquele reboliço de pessoas, espirros, filas, consultas, gente com ar doente e não pensar:

"Bolas, como é bom eu poder ir para casa!"

A par da morte ou da confirmação de uma doença grave, a dor da notícia de ter de ficar internado é horrível... sobretudo se é algo inesperado ou referente a nós (ou mesmo a pessoas que nos são muito próximas). Claro que, infelizmente, quando essa notícia é referente ao avôzinho que teve não-sei-quantos AVCs ou enfartes e que está acamado e só dá "problemas", a notícia até é encarada por algumas famílias com alguma satisfação...é uma preocupaçao a menos!
Contudo, na maior parte das vezes, a notícia cai como um balde de água gelada! E o pior é que muitas vezes sou "eu" a atirá-lo... Tento suavizá-lo o mais que posso, e até alargar o alvo com um amigável mas nada concertante vai-ter-de-ficar-cá-connosco, mas bem lá no fundo, o único consolo deve ser o da necessidade, o de ter que...
Por isso é que valorizo tanto o facto de todos os dias sair daquele hospital pelo meu próprio pé, bem-disposta e lúcida e faço um esforço por ignorar ao máximo coisas do dia-a-dia verdadeiramente insignificantes... que não devem ser promovidas a problemas, mas sim continuarem a ser o que são: insignificantes!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Barack Obama

The hopes and prayers from all the world are with you!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Óculos para que vos quero...

Ora toca lá a fazer um teste de acuidade visual! Até já se ouvem os suspiros "maldita miopia!"

sábado, 25 de outubro de 2008

Parabéns Nina


20000!!!!!!!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Jogar na bolsa ou...



isto...é capaz de dar o mesmo resultado!

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Muito bom!

Confesso que não vi o programa, mas concordo com eles...é sem dúvida a "marca" mais utilizada por (alguns) portugueses!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Desabafos!

Desabafos de alguém...que bem podiam ser de qlqr um de nós!
"Uma adolescente de 16 anos pode fazer um aborto mas não pode pôr um piercing.
Um jovem de 18 anos recebe 200€ do Estado para não trabalhar; um idoso recebe de reforma 236 depois de toda uma vida de trabalho.
Um marido oferece um anel à sua mulher e tem de declarar a doação ao fisco.
O mesmo fisco penhora indevidamente o salário de um trabalhador e demora 3 anos a corrigir o erro.
Nas zonas mais problemáticas das áreas urbanas existe 1 polícia para cada 2 000 habitantes; o Governo diz que não precisa de mais polícias.
Um professor é sovado por um aluno e o Governo diz que a culpa é das causas sociais.
O governo incentiva as pessoas a procurarem energias alternativas ao petróleo e depois multa quem coloca óleo vegetal nos carros porque não paga ISP (Imposto sobre produtos petrolíferos).
Um jovem de 14 mata um adulto, não tem idade para ir a tribunal. Um jovem de 15 leva um chapada do pai, por ter roubado dinheiro para droga, é violência doméstica!
Uma família a quem a casa ruiu e não tem dinheiro para comprar outra, o estado não tem dinheiro para fazer uma nova, tem de viver conforme pode. 6 presos que mataram e violaram idosos vivem numa sela de 4 e sem wc privado, não estão a viver condignamente e a associação de direitos humanos faz queixa ao tribunal europeu.
Militares que combateram em África a mando do governo da época na defesa de território nacional não lhes é reconhecido nenhuma causa nem direito de guerra, mas o primeiro-ministro elogia as tropas que estão em defesa da pátria no KOSOVO, AFEGANISTÃO E IRAQUE.
Começas a descontar em Janeiro o IRS e só vais receber o excesso em Agosto do ano que vem, não pagas as finanças a tempo e horas passado um dia já estás a pagar juros.
Fechas a janela da tua varanda e estas a fazer uma obra ilegal, constrói-se um bairro de lata e ninguém vê.
Se o teu filho não tem cabeça para a escola e com 14 anos o pões a trabalhar contigo num oficio respeitável, é exploração do trabalho infantil, se és artista e o teu filho com 7 anos participa em gravações de telenovelas 8 horas por dia ou mais, a criança tem muito talento, sai ao pai ou à mãe!
Numa farmacia pagas 0.50€ por uma seringa que se usa para dar um medicamento a uma criança. Se fosses drogado, não pagavas nada!"